Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Alegria

Adorava as pedrinhas de areia esfoliando o joelho.
Catar conchinhas diferentes e pedras que rolam por ali há muitos anos.
Pegar jacaré e subir à superfície depois que veio a onda grande.
Sentar na beira e ouvir a voz daquela onda pequena que era quase muda.
Sentir a espuminha bater nos pés clareados pelos grãos.
Boiar na água com o sol queimando a ponta do nariz grande.
Ficar "estatelada" sem se preocupar com os sinais na pele.
Encher-se se vitamina D.
Ficar com o cabelo duro de sal, a canela seca de sol.
A canela preta de sol.
Andar com os pés vagarosos ou rápidos, como quisesse.
Deixar-se ser enterrada pelas mãozinhas pequenas.
Construir castelos e ocas de índio, com pontes e riachos.
Uma piscina no meio do mar, onde cabem nós três.
Era bom ser grande e cavar mais o buraco.
Correr feito boba pra alegrar a cachorra maluca.
Olhar o céu ficar laranja, rosa, azul, preto.
A lua de um lado, o sol do outro.
Ver a lua nascer com o maior brilho que já houve.
Tantas estrelinhas a bri…