descobrindo..

Depois de muito tempo,de se perguntar os motivos de ele ter sumido,ter-se afastado ..depois de divagar,de por em prática todo o seu conhecimento de mundo,sua experiência de vida,que,mesmo pequena,era relevante,de pensar,de usar todos os seus neurônios para achar uma razão satisfatória para ele tê-la deixado de lado,tê-la esquecido como se esquece uma roupa velha no fundo da gaveta..depois de tempos tentando entender,dar uma resposta a ela mesma,para que ela se sentisse melhor,para que não se sentisse como aquela velha roupa,para que não guardasse para sempre o triste sentimento de desprezo dentro do seu coração,já tão cheio de outros tristes sentimentos,enfim,depois de um longo período de coração apertado,de ferida aberta,de mente povoada de milhares de pontos de interrogação,ela conseguiu perceber. De um modo tão banal,tão ridículo. Na aula de Psicologia : “O indivíduo percebe de acordo com suas expectativas.” MINHAS expectativas,não as dele. “Ilusão = interpretação errônea da realidade.” Nunca fora mesmo boa em interpretar. Mea culpa. Minha vontade de ir além,de deixar crescer meu sentimento,de realizar minha expectativa. Até parou de culpá-lo,interpretara errado. Era mais fácil culpar-se,mais consolador,menos intrigante. Um baque. Descobriu agora? Respondeu-se ? Ferida fechada. Cicatrizada?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou contigo.

Botão de rosa.

um coração.