Pra ser feliz.


Se o que me fizesse feliz fossem as estrelas, eu as teria, e o que me faria feliz seria o sol. E eu o teria a iluminar todos os meus dias e as minhas noites, mas o que me faria feliz seria a lua. Eu dormiria em suas crateras e tomaria café da manhã com São Jorge, e o que me faria feliz seria o mar. Quando eu o tivesse, seriam as nuvens do céu que me fariam feliz. Voaria de uma em uma e faria chover quando eu quisesse. Mas, então, o que me faria feliz seriam as pessoas, e eu as teria todas para mim, me fazendo o tempo todo feliz.  E eu seria feliz se fosse só. Quando eu fui feliz sozinha, eu não fui feliz, assim como não durou muito a minha felicidade quando eu tive o sol, as estrelas, as nuvens, o mar, a lua... Nada me fazia feliz até eu ser só. Em cada pessoa que eu tive, encontrei um motivo para me deixarem menos felizes, porque as pessoas são assim. E, depois que eu tive as pessoas e tive a mim mesma, eu vi que eu era igual a elas. Na minha solidão, achei um jeito de poder ser feliz, não porque a solidão fosse a própria razão para eu ser feliz, mas porque eu enxerguei, quando só, que só eu mesma me podia fazer feliz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou contigo.

Tangerina.

Botão de rosa.