o enem.

Já passei dessa fase de vestibular, e por isso eu sei o quanto é difícil e desgastante a preparação pra enfrentá-lo. Um ano ou mais de estudo, aquela bitolação, aquele nervosimo, tudo pra conseguir passar e entrar na faculdade. Nós,estudantes, sabemos que não é fácil e que, quando acaba, parece que a gente tirou uma tonelada das costas.
Aí você vai, faz a prova para a qual se preparou tanto. Pensa que acabou, e vem uma coisa totalmente sem noção : acham que vão anulá-la. ã? como assim anular o meu vestibular? E toda aquela coisa de fazer de novo, de estudar de novo, de revisar o que você já viu umas 50 vezes! Dá vontade de explodir.
E eu sei que ainda não anularam o Enem, mas e daí. O problema não é que anulem ou que não anulem, ou que façam outra prova. O problema é que eles não estão nem aí pros estudantes. Ah, você passou 10 meses numa cadeira estudando feito louco pra passar, ficou de bunda dormente, de mão dormente de escrever, sonhou com a prova todos os dias, ficou nervoso, chorou, fez vários simulados, ficou desgastado, deixou de se divertir, deixou de ficar com seus amigos, perdeu vários deles, deixou de sair com aquele paquera que há anos você queria que ele te chamasse pra sair, e, quando ele chamou, você não pôde ir porque tinha que estudar, ficou gordo, ficou magro, ficou cheio de espinha, de olheira, ficou parecendo um zumbi, deixou de ir pro seu curso de línguas, de assistir filmes, deixou de viver. E daí? Eles não tão nem aí pra você.
Todo mundo tem que passar por isso, faz parte da vida, quem não passa, não sabe como é ruim e não sente uma das melhores sensações do mundo : a de acabar com tudo isso, quando você passa. E depois você ri e chora de felicidade. Mas, por enquanto, quando ainda durar esse vexame, não tem menor graça.
Pois chegam uns caras desses, que talvez não saibam, talvez não tenham passado por isso, e fazem uma merda dessa. Meu Deus, erro de digitação!!! E vários erros já aconteceram nos vestibulares da UFC, erro de gabarito, de digitação também. Mas, espera, não foram pra milhões de pessoas! foram pra um Estado.
Acho legal a proposta, acho que poderia dar certo. Se existisse respeito pelos estudantes. O que, obviamente, não existe. Ah, mas foram só alguns que pegaram a prova amarela e num sei o que. Sim, que fosse um, que fossem 10. Não importa. Se esse um se preparou, ele merece a prova dele - correta e bem elaborada, não uma coisa dessa que parece que foi feita pra não sei nem quem.
Se querem fazer um negócio unificado, pro Brasil todo, tudo igual, que façam. Dou meu apoio. Agora, que vejam se têm capacidade  de fazer. Não, não têm. E isso já foi comprovado pela 2ª vez. Quantas mais vão ser necessárias ? 3, 4? Acho que já deu pra saber.
Parem de tratar as pessoas como palhaços. Palhaço é quem chega lá e passa 11 horas de um fim de semana fazendo uma prova gigante pra, no outro dia, dizerem que foi suspensa. Palhaço é quem recebe uma prova com gabarito errado e não tem como fazer nada. Fazem-nos de palhaços. Eu tomo as dores.
De quem foi bem, de quem foi mal, de quem quer que anulem, de quem não quer. Eu não quero nada. Só uma coisa : que passem a tratar as pessoas com respeito. Que apregoem tanto a dignidade da pessoa humana, mas que a apliquem. Que façam as coisas com responsabilidade, e não como se fosse uma brincadeira, uma palhaçadazinha aqui pra todo mundo se divertir com esse ENEM.
Isso não é brincadeira e vestibular é coisa séria. É a coisa mais séria do mundo pra milhares de pessoas, aprendam isso. É a vida deles. E é triste que tratem a vida desse jeito, é de causar muita indignação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou contigo.

Botão de rosa.

um coração.